Publicado 23 de Novembro de 2012 - 9h59

Por France Press

O preço das peças de arte varia de 1.500 rúpias (20 euros) a 200.000 rúpias (2.800 euros)

FRANCE PRESS

O preço das peças de arte varia de 1.500 rúpias (20 euros) a 200.000 rúpias (2.800 euros)

Uma exposição de esculturas feitas com objetos recuperados no monte Everest: este é o desafio aceito por artistas nepaleses para advertir sobre o mau estado da maior montanha do mundo após várias décadas de alpinismo.

 

Cilindros de gás, garrafas de oxigênio, cordas, barracas, latas de cerveja e até destroços de um helicóptero foram utilizados para a elaboração de 75 obras de arte para uma surprendente exposição, que tem como nome "Everest 8848 Art Project", inaugurada em um hotel luxuoso de Katmandu.

 

"Pensamos que ajudará a promover os artistas e contribuirá para a limpeza do Everest", disse Kripa Rana Shahi, organizador da exposição.

 

Sessenta e cinco pessoas, reunidas pela Everest Summiteers Association (ESA), com sede em Katmandu, e 75 "yaks" recolheram oito toneladas de resíduos durante duas expedições organizadas durante a primavera.

 

Posteriormente, 15 artistas nepaleses trabalharam durante um mês.

 

O pintor e poeta Sunita Rana utilizou fragmentos de alumínio recuperados de latas de cerveja para criar medalhas que simbolizam a coragem dos alpinistas.

 

Outro artista utilizou os destroços de um helicóptero, que caiu em 1974 no Campo nº 2 do Everest quando transportava material para montanhistas italianos, para produzir uma estátua de Ganesh, o deus hindu da sabedoria, da inteligência e da prudência.

 

O preço das peças de arte varia de 1.500 rúpias (20 euros) a 200.000 rúpias (2.800 euros). Os artistas esperam arrecadar uma quantia suficiente para expor na região do Everest e mostrar aos alpinistas o dano ambiental provocado pelas expedições.

 

Quase 4.000 alpinistas escalaram o monte Everest (8.848 metros), seguindo os passos de Edmond Hillary e Tenzing Norgay, os primeiros homens a alcançar o topo da montanha em 1953.

Escrito por:

France Press