Publicado 09 de Novembro de 2012 - 6h49

Por France Press

O presidente sírio, Bashar al-Assad, afirmou que apenas as urnas podem decidir seu futuro e advertiu que o país pode enfrentar uma longa guerra, em uma entrevista concedida ao canal Russia Today (RT).

 

Assad declarou ao RT que o fato do presidente "ficar ou partir" é um "assunto do povo", que "só pode ser decidido nas urnas". Assad negou que a Síria passe por uma "guerra civil", mas afirmou que o conflito com os rebeldes pode virar "uma guerra de longa duração" caso os insurgentes continuem recebendo ajuda do exterior.

Escrito por:

France Press