Publicado 07 de Novembro de 2012 - 15h56

Por France Press

Um russo de 30 anos matou a tiros cinco pessoas e feriu outras duas nesta quarta-feira (7) na sede de uma empresa farmacêutica em Moscou, depois de ter postado um manifesto na internet onde afirma querer destruir a humanidade, o que, segundo fontes policiais, teria sido motivado por uma decepção amorosa.

 

Dimitri Vinogradov, o autor do ataque e funcionário da companhia, abriu fogo contra seus colegas, três homens e duas mulheres, que morreram no ato.

 

Horas antes, ele postou uma mensagem na rede de relacionamentos russa Vkontakte no qual dizia odiar a humanidade.

 

"Odeio a espécie humana e fazer parte dela me enoja! Odeio ao absurdo da vida! Odeio esta vida!", descreveu.

 

Uma fonte policial informou que o homem teria confessado estar apaixonado por uma de suas colegas, que não teria retribuído o interesse.

 

"Por isso, bebeu durante cinco dias e hoje voltou para disparar contra as pessoas", acrescentou a fonte.

 

Vinogradov será submetido a um exame psiquiátrico para determinar se é responsável por seus atos.

Escrito por:

France Press