Publicado 07 de Novembro de 2012 - 10h59

Por Agência Brasil

Ao parabenizar hoje (7) o presidente reeleito dos Estados Unidos, Barack Obama, o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, disse esperar que o norte-americano prossiga nos esforços para buscar a paz no Oriente Médio. O apelo ocorre no momento em que palestinos e israelenses intensificaram os embates e disputas territoriais.

 

Abbas pediu que Obama interfira nas ações das autoridades israelenses, que incentivam a construção de casas para colonos judeus em Jerusalem-Leste e na Cisjordânia. Há informações que o número de casas aumentou com a aproximação das eleições legislativas em Israel, em 22 de janeiro.

 

"[A expectativa é] que Obama continue os seus esforços para alcançar a paz no Médio Oriente", diz o comunicado publicado pela agência de notícias oficial palestina Wafa. O principal negociador da ANP para a paz, Saeb Erakat, acrescentou que a expectativa é que Obama possibilite a criação do Estado independente e autônomo da Palestina.

 

"Esperamos que Obama pare imediatamente a colonização [promovida pelo governo de Israel na Faixa de Gaza] e não impeça os palestinos de irem às Nações Unidas para a obtenção do estatuto de Estado não membro, pois a iniciativa salvaguardará o processo de paz e a solução dos dois Estados", disse Erakat.

 

Obama foi reeleito ontem para mais quatro anos para a Presidência dos Estados Unidos. Ele obteve a maioria dos votos nos maiores colégios eleitorais do país, nos dez principais estados norte-americanos. No seu discurso de vitória, Obama disse que “o melhor está por vir”.

Escrito por:

Agência Brasil