Publicado 06 de Novembro de 2012 - 6h19

Por France Press

O prefeito de Montreal, Gérald Tremblay, anunciou nesta segunda-feira sua demissão do cargo, em meio a um escândalo de corrupção envolvendo contratos públicos na área metropolitana.

 

Tremblay, 70 anos, que dirigia desde 2001 a segunda maior cidade francófona do planeta e cujo mandato terminaria em 2013, fez o anúncio ao voltar a Montreal após quatro dias de descanso e de reflexão.

 

"Esta tarde, quero me dirigir a vocês diretamente. Quero lhes dizer que após 25 anos de serviço à comunidade abandono a vida pública", declarou Tremblay em mensagem pela TV.

 

A demissão é consequência direta das revelações feitas por testemunhas a uma comissão de inquérito que examina a concessão de contratos públicos em Montreal e em algumas regiões de Quebec.

 

Na semana passada, Martin Dumont, um ex-membro do partido do prefeito, acusou Tremblay de fazer vista grossa sobre o financiamento ilegal de seu partido, que mantinha um caixa dois abastecido, principalmente, por pessoas ligadas à máfia siciliana.

 

"Há anos, meu pai me disse para jamais entrar na política porque era suja e iria nos destruir, mas minha paixão e amor por Quebec e Montreal abriram o caminho que segui com toda minha energia e o melhor de mim", disse Tremblay.

Escrito por:

France Press