Publicado 05 de Novembro de 2012 - 8h08

Por Agência Brasil

A um dia das eleições presidenciais nos Estados Unidos, os comitês de campanha dos candidatos Barack Obama (democrata) e Mitt Romney (republicano) trabalham para convencer os eleitores que ainda estão indecisos. Uma das regiões que concentram maior número de eleitores indecisos é o estado da Flórida, que reúne ampla maioria de latino-americanos. Voluntários democratas e republicanos se esforçam para reduzir o número de indecisos e ampliar as vantagens para seus candidatos.

Em Miami, os voluntários democratas intensificaram o trabalho de convencimento, aumentando o número de telefonemas em favor de Obama e fazendo visitas às casas dos eleitores. Estratégia semelhante é adotada pelos voluntários que trabalham para Romney.

Sempre ao telefone, a voluntária democrata Mirian Eagar incentiva os eleitores a votar, o que não é obrigatório nos Estados Unidos. Eagar disse que “ama política e fica satisfeita em ajudar”. Segundo ela, cada telefonema “faz a diferença”.

A porta-voz do Partido Democrata na região da Flórida, Anette Taddeo, acrescentou que a comunidade hispânica, que representa 22% do estado, é prioridade. Para ela, a maioria vai apoiar Obama por ele ter uma política em favor dos imigrantes.

No condado de Hialeah, a segunda maior cidade da Flórida, os voluntários republicanos se esforçam para buscar os votos em favor de Romney. Os jovens são ativos e usam a internet para enviar mensagens de texto.

O presidente do Comitê de Jovens Republicanos de Miami, Bradley Gerber, disse que associa ao envio de mensagens as visitas às casas dos eleitores. Para os voluntários republicanos, a vantagem de Romney está ligada às propostas econômicas apresentadas por ele.

Os comitês de Obama e Romney também atuaram na tentativa de convencimento dos eleitores que votaram antecipadamente. Nas eleições norte-americanas é permitido enviar as cédulas pelo Correio ou depositá-las nas urnas antes do dia 6. Cada estado tem regras próprias. Em Miami, o prazo final foi ontem (4).

O Departamento de Eleições em Miami, o único local de votação da cidade, teve ontem longa fila. Mesmo assim, os eleitores não desanimaram. Alguns trouxeram água e chocolate para enfrentar a espera.

Pesquisas sobre intenções de voto, do jornal Washington Post e da emissora de televisão ABC News, mostram Obama e Romney com 48% da preferência dos eleitores. Os dois candidatos apostam em estados como a Flórida, chamados swing states. São os estados nos quais a disputa é imprevisível.

Escrito por:

Agência Brasil