Publicado 07 de Novembro de 2012 - 21h28

Após derrota na estreia, o tcheco Tomas Berdych se manteve na briga por uma vaga na semifinal do ATP Finals ao vencer o francês Jo-Wilfried Tsonga por 2 sets a 1, com parciais de 7/5, 3/6 e 6/1, nesta quarta-feira (7/11), em Londres.

O resultado da partida deixou o Grupo A embolado. Depois da primeira vitória, nesta quarta, o tenista da República Tcheca precisa vencer o número 1 do mundo Novak Djokovic na última rodada ou torcer por um triunfo de Tsonga sobre Andy Murray para ficar com a vaga na semifinal.

O francês também tem chances de classificação. Para tanto, precisa vencer Murray e torcer por uma vitória de Djokovic sobre Berdych. A disputa ficaria empatada e seria definida na média de sets, computando triunfos e derrotas de cada tenistas. A rodada final da chave será disputada nesta sexta-feira (9/11).

Berdych e Tsonga fizeram um confronto equilibrado nos primeiros games da partida desta quarta. O tcheco, que não teve o saque ameaçado no set inicial, só conseguiu abrir vantagem no penúltimo game, quando quebrou o serviço do francês e saiu na frente no placar.

Tsonga resistiu em quadra e buscou a reação ao quebrar o saque do rival no início do segundo set e empatar a partida. Berdych, porém, não deixou o francês gostar do jogo e começou o terceiro set em ritmo fulminante. Faturou duas quebras e encaminhou a vitória, em 1h52.

Nesta quinta-feira (8/11), dois jogos vão movimentar o Grupo B. O suíço Roger Federer vai desafiar o bom momento do espanhol David Ferrer no primeiro jogo de simples do dia. Na sequência, o argentino Juan Martín Del Potro vai encarar o sérvio Janko Tipsarevic.