Publicado 11 de Novembro de 2012 - 16h46

Por Agência Estado

Terry abrira o placar aos 20 minutos, ao completar de cabeça cobrança de escanteio precisa de Mata

France Press

Terry abrira o placar aos 20 minutos, ao completar de cabeça cobrança de escanteio precisa de Mata

Após cumprir suspensão por acusação de racismo, John Terry voltou ao time do Chelsea neste domingo e deixou sua marca no empate com o Liverpool, por 1 a 1, em rodada do Campeonato Inglês. A alegria da torcida presente no Stamford Bridge, no entanto, durou apenas 20 minutos. O zagueiro sofreu uma lesão no joelho e deixou a partida ainda no primeiro tempo.

 

Terry abrira o placar aos 20 minutos, ao completar de cabeça cobrança de escanteio precisa de Mata. O zagueiro havia ficado de fora de quatro partidas do Chelsea, três do Inglês e uma da Copa da Liga Inglesa, por causa da denúncia de racismo. Mas, após coroar seu retorno com um gol, ele sofreu um choque com o uruguaio Suárez e precisou deixar o gramado em uma maca.

 

Sem Terry e David Luiz, poupado por causa de uma amigdalite, o Chelsea perdeu força na defesa e passou a levar perigo nas investidas de contra-ataque do Liverpool. O empate acabou saindo aos 27, após cobrança de escanteio. Suárez foi o autor do gol.

 

Os visitantes ainda tiveram chance de virar em dois lances perigosos, mas acabaram parando no goleiro Cech. Já o time de Ramires, Oscar e Torres tentou impor pressão no segundo tempo, mas teve dificuldades nas finalizações.

Mais cedo, neste domingo, o West Ham derrotou o Newcastle por 1 a 0, fora de casa, com gol de Kevin Nolan. O time visitante chegou ao sexto lugar da tabela, com 18 pontos. O Newcastle segue com 14, na 10ª colocação.

Escrito por:

Agência Estado