Publicado 09 de Novembro de 2012 - 20h17

Por Agência Estado

Andy Murray está vivendo a melhor temporada da sua carreira

Ben Stansall/France Press

Andy Murray está vivendo a melhor temporada da sua carreira

Assim como o sérvio Novak Djokovic, Andy Murray também garantiu nesta sexta-feira (09/11) a sua classificação para as semifinais do ATP Finals. Com a vitória sobre o francês Jo-Wilfried Tsonga, o escocês ficou com a segunda vaga do Grupo A e segue vivo na luta pelo título do torneio que reúne em Londres os oito melhores tenistas da temporada.

 

Ainda invicto, Djokovic conseguiu avançar para as semifinais como líder do Grupo A, ao vencer o checo Tomas Berdych mais cedo. Assim, Murray entrou em quadra precisando ganhar apenas um set nesta terceira e última rodada para ficar com a segunda vaga da chave, mas acabou batendo Tsonga por 2 a 0, com 6/2 e 7/6 (7/3), em 1 hora e 35 minutos de jogo.

 

Mesmo tendo perdido para Djokovic e Berdych nas duas primeiras rodadas, Tsonga ainda tinha chances de classificação para as semifinais. Para isso, precisava ganhar nesta sexta-feira por 2 sets a 0. Mas o francês, que ocupa o oitavo lugar no ranking, não teve forças para desbancar o favoritismo do número 3 do mundo e acabou sendo eliminado.

 

Vivendo a melhor temporada da sua carreira, na qual já conquistou a medalha de ouro olímpica nos Jogos de Londres e foi campeão do US Open, Murray avançou para as semifinais do ATP Finals com duas vitórias (contra Berdych e Tsonga) e uma derrota (para Djokovic). Agora, ele volta a jogar no domingo (11/11), contra um adversário ainda indefinido.

 

Os adversários de Djokovic e Murray serão definidos neste sábado (10/11) quando acontece a última rodada do Grupo B. Já classificado, o suíço Roger Federer enfrenta o argentino Juan Martin Del Potro, que ainda tem chance de levar a vaga. A disputa do tenista da Argentina é com o espanhol David Ferrer, que encara o eliminado sérvio Janko Tipsarevic.

Escrito por:

Agência Estado