Publicado 09 de Novembro de 2012 - 15h07

Por Agência Estado

Djokovic faz careta para devolver a bola durante o jogo que valeu vaga na semifinal

France Press

Djokovic faz careta para devolver a bola durante o jogo que valeu vaga na semifinal

O sérvio Novak Djokovic venceu o tcheco Tomas Berdych por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/6 (8/6), nesta sexta-feira (9), em Londres, e avançou de forma invicta às semifinais do ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada, ao assegurar três vitórias em três partidas até aqui. O novo triunfo também eliminou o tenista da República Tcheca, que encerrou a competição com apenas uma vitória.

 

O líder do ranking mundial já havia passado pelo francês Jo-Wilfried Tsonga e pelo britânico Andy Murray, que fecham o Grupo A do ATP Finals nesta sexta, em duelo marcado para começar às 17h45 (horário de Brasília). A vitória de Djokovic acabou sendo boa para Murray, que agora precisará vencer apenas um set diante de Tsonga para ir às semifinais, por ostentar três sets a mais de saldo que o rival, que ganhou um e perdeu quatro nesta edição do torneio.

 

Agora, Djokovic espera pela definição do vice-líder do Grupo B para saber quem será o seu adversário nas semifinais. Isso irá ocorrer neste sábado (10) com os confrontos entre o suíço Roger Federer e o argentino Juan Martín del Potro e entre o espanhol David Ferrer e o sérvio Janko Tipsarevic. Federer já garantiu classificação antecipada para as semifinais na última quinta-feira.

 

No primeiro duelo desta sexta, Djokovic foi dominante no primeiro set, no qual aproveitou duas de cinco chances de quebrar o saque de Berdych, que não conseguiu converter o único break point cedido pelo sérvio na parcial. Desta forma, o tenista número 1 do mundo fez 6/2 com tranquilidade.

 

No segundo set, Djokovic voltou a abrir vantagem com uma quebra, mas Berdych conseguiu devolvê-la e depois os dois jogadores conseguiram confirmar os seus serviços até o tie-break. E foi justamente no desempate que o tcheco vacilou. Após abrir 5 a 1 e 6 a 3, ele desperdiçou três set points e, ao sofrer cinco pontos seguidos, caiu por 8/6 e deu adeus ao ATP Finals.

Escrito por:

Agência Estado