Publicado 08 de Novembro de 2012 - 22h55

Odair Patriarca busca, em um curto espaço de tempo, montar um time vencedor nos Abertos e na Copa SP

Divulgação/Fernando Galvão

Odair Patriarca busca, em um curto espaço de tempo, montar um time vencedor nos Abertos e na Copa SP

A missão não é fácil, mas os novos tempos no XV de Piracicaba aumentaram as expectativas de o time Sub-21 buscar uma medalha nos Jogos Abertos do Interior, esse mês em Bauru. Claro que o sonho é o ouro, mas é bom saber que o técnico Odair Patriarca começou seus trabalhos há menos de um mês no clube. Montar um esquema tático em um pequeno espaço de tempo é uma tarefa árdua e não se pode esperar milagres tão já.

"Estamos fazendo um trabalho em um prazo curto, mas buscando uma resposta boa. O caso dos Jogos Abertos é imediato, todos querem medalha", afirmou o treinador.

O XVzinho está posicionado no Grupo B ao lado de São Bernardo do Campo e Ribeirão Preto. A estreia acontece na próxima quarta-feira (14/11), às 9h30, contra Ribeirão Preto, no estádio Alfredo José Castilho. No dia seguinte, no mesmo palco e horário do primeiro jogo, o Nhô Quim encerra sua participação na primeira fase contra o time do ABC paulista. Dois times avançam para a segunda fase eliminatória. Nesta sexta-feira (09/11), o time faz um amistoso contra a Ferroviária, às 15h, no Monte Alegre.

“Estamos nos preparando para buscar o título. Não podemos pensar diferente em se tratando de Jogos Abertos. Estaremos representando Piracicaba e temos que ganhar medalhas. É um campeonato curto, com partidas de 60 minutos de duração, portanto não podemos cometer erros”, comentou o treinador quinzista.

Comissão técnica e elenco viajam para a cidade de Bauru no dia 13, com saída marcada para às 13h em frente ao estádio Barão de Serra Negra.

São 22 jogadores do Sub-21 inscritos nos Jogos Abertos. O retrospecto das bases do XV não é bom. Nos Regionais deste ano, o time foi desclassificado na primeira fase. Nos Jogos Abertos do ano passado, em Mogi das Cruzes, o time ficou em quinto lugar.

O meia Parayba não vê a hora de entrar em campo em busca do ouro para Piracicaba. Ele esteve no elenco profissional campeão da Série A2 em 2011. "O time está focado e trabalhando forte para trazer a medalha", disse o atleta.

Outra aposta das bases do Nhô Quim é a Copa São Paulo. A equipe do XV de Piracicaba irá jogar na cidade de Araras e o Alvinegro está em um grupo forte com o União São João de Araras, o Americano-MA e o Corinthians.

O torneio tem início na primeira semana de janeiro de 2013. Na primeira fase, as equipes irão se enfrentar em turno único, avançando à fase eliminatória o primeiro colocado de cada grupo e as oito equipes melhores segundas colocadas independente dos grupos a que pertençam.

Nessa Copa, o XV não contará com quatro importantes jogadores que não terão mais idade para a competição: o meia Parayba, o centroavante Valdir, o goleiro Renan e o volante Cancian. Os clubes aguardam a tabela da competição.

CAMPANHA

A campanha de doação ou empréstimo de material histórico do XV prossegue no Barão. Os interessados podem levar o material de segunda a sexta-feira, das 14h às 19h30, na sala de imprensa Ary de Camargo Pedroso. no estádio.