Publicado 08 de Novembro de 2012 - 19h05

Por Agência Estado

Adrian Lopez, do Atlético de Madrid, cabeceia a bola observado por João Dias, do Academica

Francisco Leong/France Press

Adrian Lopez, do Atlético de Madrid, cabeceia a bola observado por João Dias, do Academica

Chegou ao fim nesta quinta-feira (08/11) a série histórica de 15 vitórias seguidas do Atlético de Madrid na Liga Europa. O atual campeão da competição e uma das sensações da temporada foi até Coimbra para visitar o Acadêmica e levou 2 a 0 do time português, com dois gols do atacante Wilson Eduardo.

De forma geral, o Atlético vinha desde abril sem perder e colecionava 13 vitórias seguidas até sábado (03/11), quando levou de 2 a 0 do Valencia, pelo Espanhol. Pensando na necessária recuperação no campeonato nacional, o técnico Diego Simeone decidiu poupar quase todos os titulares em Portugal e acabou punido pela decisão.

Wilson Eduardo abriu o placar aos 29 minutos, completando cruzamento que veio da direita. O atacante português ampliou aos 24 do segundo tempo, num pênalti cometido por Pulido sobre Salim Cissé. No time titular do Acadêmica estava Makelele, ex-Palmeiras e Grêmio.

Apesar do resultado, o Atlético de Madrid segue líder, com nove pontos, agora empatado com o Viktoria Plzen, que recebeu o Hapoel Tel-Aviv na República Checa e ganhou por 4 a 0. O time português tem quatro pontos no Grupo B, contra um dos israelenses.

CAVANI BRILHA - Com Falcao Garcia poupado, o grande nome da rodada da Liga Europa foi o uruguaio Cavani. O atacante fez os quatro gols da vitória de virada do Napoli sobre o Dnipro, na Itália, por 4 a 2. No primeiro, ele recebeu na área e bateu cruzado na saída do goleiro, aos 5 minutos. O time ucraniano virou com Fedetskiy e Zozulya, mas Cavani voltou a brilhar no fim do jogo.

Aos 32 minutos do segundo tempo, ele bateu falta com perfeição no ângulo direito e empatou. A virada veio aos 43, após Hamsik cruzar e o uruguaio desviar no primeiro pau. Ainda havia tempo para, aos 49, Cavani fechar a contagem.

Com a vitória, o Napoli se manteve vivo no Grupo F, com seis pontos, três a menos que o Dnipro, que vinha invicto. Também nesta quinta-feira, o AIK, da Suécia, bateu o PSV por 1 a 0, jogando em casa. Esses dois times têm quatro pontos.

OUTROS JOGOS - Também nesta segunda leva de jogos da Liga Europa, o Young Boys, da Suíça, venceu a Udinese fora de casa, por 3 a 2, e embolou o Grupo A. O Anzhi lidera com sete pontos, enquanto os suíços e o Liverpool têm seis. Os italianos somam quatro.

No Grupo C, a liderança é do Fenerbahce, que venceu o AEL, do Chipre, por 2 a 0, nesta quinta-feira e foi a 10 pontos. Na França, o Borussia Mönchengladbach buscou o empate em 2 a 2 com o Olympique de Marselha aos 48 minutos do segundo tempo, através de Arango. Os dois times têm cinco pontos.

Outro francês a jogar nesta segunda leva não decepcionou. O Bordeaux recebeu o Marítimo e venceu por 1 a 0, enquanto Newcastle e Brugge empatavam na Bélgica por 2 a 2. Agora o time inglês lidera o Grupo D com oito pontos, um a mais que os franceses.

Uma das surpresas da competição é o Steua Bucareste, que chegou à terceira vitória e aos 10 pontos no Grupo E ao vencer o Molde, na Noruega, por 2 a 1. O Stuttgart também venceu fora de casa, fazendo 2 a 0 no Copenhague, na Dinamarca.

Escrito por:

Agência Estado