Publicado 08 de Novembro de 2012 - 15h09

 Atual bicampeão, o suíço ainda aguarda a definição dos grupos, na rodada final, para conhecer seu adversário na semifinal.

FRANCE PRESS

Atual bicampeão, o suíço ainda aguarda a definição dos grupos, na rodada final, para conhecer seu adversário na semifinal.

Ainda sem perder sets, Roger Federer venceu mais uma em Londres, nesta quinta-feira, e confirmou sua vaga na semifinal do ATP Finals, que reúne os oito melhores tenistas da temporada. O suíço mais uma vez tirou vantagem do rápido piso londrino e derrotou o espanhol David Ferrer por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/5).

 

Com sua 14ª vitória em 14 jogos contra o espanhol, Federer alcançou a semifinal pela 10ª vez em 11 participações no torneio que encerra a temporada.

 

Único com duas vitórias no Grupo B até agora, Federer soma quatro pontos e leva vantagem sobre os demais porque ainda não perdeu sets na competição. Ainda nesta quinta, o argentino Juan Martín del Potro enfrenta o sérvio Janko Tipsarevic.

 

Depois da vitória fácil na estreia, sobre Tipsarevic, Federer teve mais trabalho para superar Ferrer, que faz uma de suas melhores temporadas na carreira. Além do adversário em boa fase, o suíço precisou lidar com suas próprias falhas. Foram 39 erros não forçados em todo o jogo, contra 24 do espanhol.

 

Mesmo irregular, o atual número dois do mundo se impôs em quadra desde o início. Faturou duas quebras de saque no set inicial e salvou sete de oito chances de quebra cedidas ao rival. O jogo foi mais equilibrado no segundo set. Sem quebras, o confronto foi definido no tie-break, quando Federer precisou de três match points para fechar o jogo em 1h48min.