Publicado 07 de Novembro de 2012 - 23h48

Por Agência Estado

Jogadores do São Paulo comemoram: apresentação entusiasmou os torcedores

Marcelo Machado de Melo/AE

Jogadores do São Paulo comemoram: apresentação entusiasmou os torcedores

Com mais uma grande exibição no primeiro tempo, o São Paulo arrasou a Universidad de Chile na noite desta quarta-feira (07/11) e avançou à semifinal da Copa Sul-Americana. O time brasileiro eliminou o atual campeão do torneio ao vencer o jogo da volta por 5 a 0, com três gols marcados na etapa inicial, no Pacaembu.

A somar o 2 a 0 da partida de ida, em Santiago, o São Paulo fechou o confronto com os chilenos pelo contundente placar geral de 7 a 0. Desta vez, Jadson, duas vezes, Lucas, Luis Fabiano e Rafael Toloi foram os responsáveis pelos gols brasileiros. Willian José, que anotara os dois da semana passada, só entrou no segundo tempo, mas não balançou as redes.

Sem sofrer sustos, o São Paulo construiu sua goleada com facilidade. Foi dominante no primeiro tempo, com ataques fulminantes e segurança na defesa. E, mesmo reduzindo o ritmo na segunda etapa e poupando titulares, ampliou a vantagem e consolidou a vitória, diante da festa da torcida presente no Pacaembu - o Morumbi não foi utilizado porque será palco de show da cantora Lady Gaga.

O adversário do São Paulo na semifinal ainda está indefinido. O São Paulo terá de esperar pelos demais jogos das quartas para conhecer seu próximo rival por causa das regras da competição, que impedem um confronto de times de mesmo país na decisão. Assim, a equipe paulista poderá cruzar com o Grêmio - fará o jogo de volta contra o Millonarios na semana que vem - na semifinal, embora esteja na outra ponta da chave.

O JOGO - O São Paulo repetiu nesta quarta-feira o grande primeiro tempo que fez na semana passada, no jogo de ida. Em Santiago, o time brasileiro fez 2 a 0 e abriu boa vantagem no confronto. No Pacaembu, o ataque trabalhou um pouco mais e balançou as redes em três ocasiões, praticamente selando a classificação são-paulina.

O "baile" teve início logo aos 4 minutos, em rápida investida pelo meio-campo. Jadson recebeu na intermediária, limpou a jogada e bateu de fora da área, no canto direito do goleiro Herrera.

Sem reduzir o ritmo, o São Paulo aproveitou o susto dado nos chilenos no início para ampliar a vantagem no marcador. Aos 21, Lucas recebeu grande passe de Denilson, deu belo drible na marcação, ainda na intermediária, e disparou em direção ao gol para finalizar na saída de Herrera: 2 a 0.

Cada vez mais perdido em campo, o time chileno passou a acumular erros. Chegava no ataque aos trancos e barrancos, sem gerar maior perigo ao gol de Rogério Ceni, e batia cabeça na defesa.

Assim, não ofereceu maior resistência aos brasileiros, que não tiravam o pé do acelerador. Aos 28 minutos, Lucas lançou Luis Fabiano, que surgiu entre os zagueiros, entrou na área e bateu por cima do goleiro chileno, fazendo o terceiro do São Paulo.

Com a boa folga no placar, o técnico Ney Franco decidiu poupar seus principais titulares no início do segundo tempo, visando as últimas rodadas do Brasileirão. Sacou Lucas, Luis Fabiano e Denilson para as entradas de Ademilson, Willian José e Casemiro.

E, mesmo sem estes titulares, o São Paulo ampliou a vantagem no marcador. Aos 18, o zagueiro Rafael Toloi encheu o pé em cobrança de falta e anotou o quarto dos brasileiros. A bola ainda acertou a trave antes de entrar.

Na sequência, Cortez escapou pela esquerda, passou por três marcadores e cruzou na área para Jadson anotar seu segundo gol na partida, aos 31. Diante dos gritos de "olé" nas arquibancadas o São Paulo não teve dificuldades para administrar o jogo até o apito final.

O time volta a campo no domingo (11/11), quando enfrentará o Grêmio, no Olímpico, em um duelo direto pelas primeiras posições da tabela. Em quarto lugar, o time de Ney Franco quer superar o terceiro colocado para se aproximar da vice-liderança, que dá vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 5 x 0 UNIVERSIDAD DE CHILE

SÃO PAULO - Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Rhodolfo, Cortez; Denilson (Casemiro), Wellington, Maicon, Jadson; Lucas (Ademilson) e Luis Fabiano (Willian José). Técnico: Ney Franco.

UNIVERSIDAD DE CHILE - Herrera; Acevedo, González, Rojas; Rodríguez, Martínez (Videla), Aránguiz, Lorenzetti (Magalhães); Ubilla, Gutiérrez e Castro (Cereceda). Técnico: Jorge Sampaoli.

GOLS - Jadson, aos 4, Lucas, aos 21, e Luis Fabiano, aos 28 minutos do primeiro tempo. Rafael Toloi, aos 18, e Jadson, aos 31 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Maicon, Martínez, Acevedo, Rodríguez, Wellington.

ÁRBITRO - Enrique Cáceres (Paraguai).

RENDA - R$ 961.765,00.

PÚBLICO - 32.636 pagantes (32.934 no total).

LOCAL - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

Escrito por:

Agência Estado