Publicado 07 de Novembro de 2012 - 20h08

Jogadores do Chelsea comemoram gol no último lance da partida

Ian Kington/France Press

Jogadores do Chelsea comemoram gol no último lance da partida

O Chelsea conseguiu uma vitória emocionante nesta quarta-feira (7/11), em Londres, pela quarta rodada do Grupo E da Liga dos Campeões. A equipe inglesa só chegou ao gol da vitória sobre o Shakhtar Donetsk, por 3 a 2, aos 48' do segundo tempo, no último lance da partida. Willian fez os dois gols dos ucranianos e Oscar marcou o segundo do Chelsea. O nigeriano Moses decidiu a partida.

No outro jogo da chave, vitória fácil da Juventus, que fez 4 a 0 em Turim sobre o Nordsjaelland. Agora está tudo embolado. Chelsea e Shakhtar têm sete pontos, com vantagem inglesa no saldo de gols. Os italianos têm seis, enquanto os dinamarqueses, lanternas, somam apenas um.

Com 10 minutos de jogo, já haviam saído dois gols em Stamford Bridge. O primeiro foi do Chelsea, numa bobeira incrível da defesa ucraniana. Rakitskiy recuou na fogueira para Pyatov. O goleiro tentou dar um chutão, mas carimbou Fernando Torres, que pressionava. A bola bateu no espanhol e foi para o gol, encerrando um jejum de um mês sem marcar.

Mas apenas três minutos depois, aos 8', Fernandinho ganhou de Ramires, passou pelo marcador e rolou. David Luiz desviou e a bola chegou até Willian, que bateu rasteiro e empatou.

O Chelsea jogava em casa, era melhor, mas nem por isso o Shakhtar abdicava da sua postura ofensiva, proporcionando uma partida agradável, com chances para os dois lados. Os ucranianos quase marcaram em jogada toda brasileira: de Willian para Alex Teixeira e deste, de calcanhar, para Fernandinho chutar raspando a trave.

Quem voltou a marcar, porém, foi o Chelsea. O goleiro Payatov saiu na intermediária para interceptar um lançamento e afastou. Mas a bola caiu no peito de Oscar, que dominou e chutou bonito, por cobertura, para fazer um golaço.

O dia era dos brasileiros, mas o Shakhtar estava recheado deles. Logo a 2' do segundo tempo, Srna cruzou e Willian, livre na área, empurrou para as redes. O Chelsea pressionou e chegou a marcar, com Mikel, de cabeça, mas o árbitro anulou indicando impedimento.

No finalzinho, os dois times se lançaram ao ataque. O Shakhtar ficou perto de marcar, num chute de Rat que desviou na zaga e passou perto do gol de Cech, que estava batido no lance. Mas, no último lance, quem marcou foi o Chelsea, de cabeça, com Moses, após escanteio batido da direita por Hazard.

NA ITÁLIA

Diante do adversário mais frágil do grupo, a Juventus não teve dificuldades. O time italiano, jogando em casa, abriu o placar logo aos 6', com Marchiso completando cruzamento rasteiro vindo da direita. Vidal ampliou, aproveitando a bobeira da zaga. O chileno desarmou o adversário com um carrinho e mandou a bola direto para o gol.

Aos 37', Giovinco invadiu a área pela direita e fez o terceiro dos donos da casa. Quagliarella, a 15 minutos do fim do jogo, fechou o placar, de cabeça.