Publicado 05 de Novembro de 2012 - 13h36

Por Agência Estado

Oliveira, que havia comandado o Coritiba por quase dois anos, assumiu o Vasco em 12 de setembro

CEDOC

Oliveira, que havia comandado o Coritiba por quase dois anos, assumiu o Vasco em 12 de setembro

Depois de seis derrotas seguidas, Marcelo Oliveira não é mais técnico do Vasco. O clube anunciou a decisão no início da tarde desta segunda-feira, um dia depois da derrota para o Sport, em São Januário, por 3 a 0. Segundo nota divulgada pelo Vasco, "após os últimos resultados, o treinador Marcelo Oliveira, em comum acordo com a diretoria do Vasco, resolveu deixar o cargo".

 

Nos últimos quatro jogos do Campeonato Brasileiro, o time - que viu suas chances de classificação para a Libertadores caírem para quase nada nas últimas rodadas - será comandado pelo auxiliar Gaúcho.

 

Oliveira, que havia comandado o Coritiba por quase dois anos, assumiu o Vasco em 12 de setembro. Ele chegou para o lugar de Cristóvão Borges, que pediu demissão depois da derrota em casa para o Bahia, por 4 a 0. Sob o comando de Oliveira, o Vasco disputou 10 partidas: duas vitórias, dois empates e seis derrotas.

 

Os únicos triunfos do treinador foram sobre Figueirense e Atlético-GO, os dois piores times da competição. Oliveira pegou o time no quarto lugar, a onze pontos do líder Fluminense. Agora ele entrega a equipe em sétimo, com 23 de diferença para o rival tricolor.

 

Vice-campeão da Copa do Brasil nos últimos dois anos, Marcelo Oliveira chegou como treinador revelação para substituir Cristóvão Borges e fazer a torcida esquecer Ricardo Gomes. Mas seu trabalho começou a degringolar depois da derrota para o São Paulo, em jogo decisivo do G4. Depois disso, o time ainda perdeu para Santos, Botafogo, Internacional, Corinthians e Sport.

Escrito por:

Agência Estado