Publicado 05 de Novembro de 2012 - 9h32

Por France Press


FRANCE PRESS

"Eu sinto que estou sendo menos testado que há seis ou sete anos e não sei a razão exata", criticou

O suíço Roger Federer pediu no domingo, durante uma entrevista coletiva prévia ao ATP Finals de Londres, que começa nesta segunda-feira, que os exames antidoping sejam mais numerosos no tênis.

 

"Eu sinto que estou sendo menos testado que há seis ou sete anos e não sei a razão exata porque estamos sendo menos testados", disse o número dois do ranking da ATP.

 

Federer concordou assim com o britânico Andy Murray, que há alguns dias pediu um controle maior no tênis, sobretudo em dezembro, quando os atletas estão em pré-temporada.

 

"Concordo com Andy, nós não fazemos muitos exames de sangue durante o ano", disse Federer ao ser questionado sobre a declaração de Murray.

 

"É vital que o esporte permaneça limpo, como deve ser. Temos uma boa reputação nesta área e queremos garantir que continue assim", declarou o astro do tênis.

Escrito por:

France Press