Publicado 30 de Novembro de 2012 - 8h03

Por Agência Anhanguera de Notícias

A ponteira búlgara Elitsa Vasileva deve iniciar o jogo entre as titulares

Dominique Torquato/AAN

A ponteira búlgara Elitsa Vasileva deve iniciar o jogo entre as titulares

Em busca de manter o 100% de aproveitamento fora de casa, o Vôlei Amil enfrenta o Rio do Sul, de Santa Catarina, pela terceira rodada da Superliga Feminina de Vôlei, nesta sexta-feira (30/11), às 20h15, em Santa Catarina.

Depois de bater o forte Sollys/Nestlé, em Osasco, na estreia, a equipe de Campinas quer somar mais três pontos longe de seus domínios e se recuperar no campeonato, já que, na última rodada, perdeu para a Unilever/Rio de Janeiro, na Arena Amil.

O adversário ainda não ganhou nenhum set nesta Superliga. No último torneio nacional, o Rio do Sul terminou na 10ª colocação. Mas o Vôlei Amil vai entrar concentrado para evitar zebras. "Geralmente, são estes jogos com times considerados de nível técnico inferior que definem a classificação nos playoffs. Não podemos pensar na performance do adversário, e sim no quanto podemos evoluir com esta partida. Melhorar nosso saque e ter mais regularidade nos confrontos", comentou Paulo Coco, auxiliar técnico do Vôlei Amil, que comandou o último treino em Campinas, na manhã desta quinta-feira (29/11).

A equipe campineira deve começar a partida com Fernandinha, Walewska, Natasha, Pri Daroit, Elitsa Vasileva e Ramirez, além da líbero Suelen. A ponteira búlgara Vasileva foi a maior pontuadora da partida contra o Unilever com 18 pontos e a expectativa é de que ela inicie o jogo desta sexta entre as titulares.

Escrito por:

Agência Anhanguera de Notícias