Publicado 29 de Novembro de 2012 - 20h55

Por Agência Estado

Além de Loco Abreu, o atacante Caio também retorna ao Botafogo depois do empréstimo ao Figueirense. No entanto, a diretoria e comissão técnica cariocas ainda não sabem o que fazer com o jovem, que teve boa passagem pelo time catarinense, apesar do rebaixamento para a Série B. Caio, 22 anos, tem contrato até 2014, mas não deve ficar no clube carioca, que aguarda uma boa proposta.

 

"O Botafogo ainda não recebeu proposta oficial por ele. Dois empresários distintos disseram que receberam, mas ainda não apresentaram. Ainda vamos definir o seu futuro", disse o vice de futebol Chico Fonseca.

 

Um dos agentes é Giuseppe Dioguardi, que garante que Caio tem uma oferta da Coreia do Sul. "Mas decidimos não aceitá-la. Ele é jovem, fez nove gols no Campeonato Brasileiro e foi titular em todas as partidas pelo Figueirense. Avaliamos que não era o momento para sair do País", disse Dioguardi.

 

Quem não joga mais pelo clube é Jobson. O controverso atacante não treina desde terça-feira, quando se despediu dos outros jogadores depois de treino no Engenhão. Jobson chegou a jogar pelo Botafogo este ano, no Campeonato Carioca, após cumprir punição por doping, mas atos de indisciplina levaram a diretoria e emprestá-lo. O atacante tem contrato até 2015 e o clube provavelmente vai perder o investimento feito no jogador.

Escrito por:

Agência Estado