Publicado 29 de Novembro de 2012 - 19h34

Por Agência Estado

O Grêmio vai ter a sua dupla de ataque reserva no último jogo da história do Estádio Olímpico, neste domingo (02/12), diante do Internacional, pela rodada final do Brasileirão. Sem poder contar com Kléber, machucado, o time tricolor também não terá Marcelo Moreno, uma vez que o jogador teve sua punição mantida pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Marcelo Moreno foi punido pela agressão a Rafael Sóbis na partida do segundo turno diante do Fluminense, no Engenhão. Na ocasião, mal entrou em campo, substituído, e já foi até o meio-de-campo e agrediu o rival. O boliviano foi punido com quatro jogos de gancho, mas o jurídico gremista conseguiu um efeito suspensivo, liberando ele para atuar.

Nesta quinta-feira (29/11), aconteceu o julgamento do recurso no pleno do SJTD e a punição foi mantida. Assim, Moreno não pega o Inter e também não poderá atuar nos dois jogos seguintes do Grêmio em competições nacionais, ou seja, no Brasileirão 2013.

Sem Moreno, que havia se recuperado de uma tendinite no tendão de Aquiles, Luxemburgo tem apenas uma dúvida para o clássico: Zé Roberto, que torceu o tornozelo no treino de quarta-feira (28/11) e não trabalhou nesta quinta. Já o zagueiro Werley participou normalmente da atividade e está liberado.

Sem os atacantes titulares, Luxemburgo vai recorrer aos reservas Leandro e André Lima num jogo que vale não apenas como clássico e como despedida do Olímpico, mas também porque uma vitória garante o Grêmio na fase de grupos da Libertadores. A equipe deverá ter: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Naldo e Léo Gago; Fernando, Souza, Elano e Zé Roberto (Marquinhos); Leandro e André Lima.

Escrito por:

Agência Estado