Publicado 27 de Novembro de 2012 - 19h33

Por Agência Estado

Subotic (à esq.), do Borussia Dortmund, disputa lance com Mueller, do Fortuna Dusseldorf

Daniel Roland/France Press

Subotic (à esq.), do Borussia Dortmund, disputa lance com Mueller, do Fortuna Dusseldorf

Mais de 80 mil pessoas viram o bicampeão Borussia Dortmund apenas empatar com o Fortuna Dusseldorf, por 1 a 1, nesta terça-feira (27/11), na abertura da rodada de meio de semana do Campeonato Alemão. Os visitantes, que voltaram esta temporada à primeira divisão, comemoraram bastante o resultado conquistado fora de casa e que os leva à 13.ª posição.

O resultado, fruto de um gol dos visitantes a 12 minutos do fim, deixa o Borussia mais longe do tricampeonato. O segundo lugar, porém, não foi perdido, uma vez que o Eintracht Frankfurt foi surpreendido em casa pelo Mainz, por 3 a 1, e o Schalke 04 perdeu do Hamburgo, pelo mesmo placar.

Quem comemora os resultados desses três jogos é o Bayern de Munique, que agora vê o Borussia com 26 pontos e Schalke e Frankfurt com 24. Se vencer o Freiburg, fora de casa, na quarta-feira (28/11), o time bávaro vai a 37 e pode abrir 11 pontos.

O gol do Borussia Dortmund foi muito bonito. Blaszczykowski recebeu cruzamento na área e tocou de peito para Grobkreutz, que devolveu de primeira. Sem deixar a bola cair, Blaszczykowski acertou lindo chute de virada, no ângulo direito do goleiro Giefer.

Mas o Fortuna Dusseldorf achou um gol a 12 minutos do fim. Após cruzamento vindo da esquerda, a zaga amarela marcou bobeira e o grandalhão Reisinger subiu sozinho para testar. A bola passou no meio das pernas de Weidenfeller e entrou.

Em Frankfurt, casa cheia para ver a derrota do Eintracht por 3 a 1 para o Mainz, com gols de Ivanschitz, Parker e Noveski. O Hamburgo triunfou em casa diante do Schalke 04. Beister, Rudnevs e Badelj marcaram, enquanto Huntelaar descontou. O Hannover também venceu, fazendo 2 a 0 no vice-lanterna Greuther Furth. Hannover, Mainz e Hamburgo estão empatados em 20 pontos, da sexta à oitava posições.

Escrito por:

Agência Estado