Publicado 26 de Novembro de 2012 - 11h16

Presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo del Nero

Divulgação

Presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo del Nero

Agentes da Polícia Federal realizaram uma busca e apreensão de documentos e computadores do presidetne da Federação Paulista de Futebol (FPF), Marco Polo del Nero durante a madrugada desta segunda-feira (26). De acordo com informações da FPF a investigação em que Del Nero é alvo não se refere a nenhum assunto relacionado ao futebol ou ao seu escritório de advocacia.

 

O dirigente, que iria comparecer à abertura oficial da feira Soccerex no Rio de Janeiro nesta manhã, foi encaminhado à sede da PF em São Paulo onde prestou depoimento durante aproximadamente 20 minutos e liberado em seguida.

 

Em nota a FPF afirma que seu presidente prestou todos os esclarecimentos necessários no caso mas não se referiu à que processo Del Nero está envolvido. O teor de seu depoimento segue em caráter de sigilo de justiça.

 

Veja abaixo a Nota divulgada pela FPF

Marco Polo Del Nero, presidente da Federação Paulista de Futebol, esclarece que foi surpreendido em uma operação da Polícia Federal durante esta madrugada em sua residência, em busca de documentos não relacionados à sua atividade na entidade e de seu escritório de advocacia.

 

Conhecido advogado criminalista, Marco Polo Del Nero prestou depoimento regulamentar na Polícia Federal sendo liberado em seguida. O teor do depoimento segue em sigilo de justiça.