Publicado 25 de Novembro de 2012 - 13h15

Por France Press

O ex-jogador brasileiro Cafu descartou a possibilidade de o ex-técnico espanhol, Pep Guardiola, assumir o cargo de técnico da seleção brasileira de futebol.

 

"Acho muito difícil que isso aconteça", disse Cafu, capitão da seleção pentacapeã do mundo na Copa do Mundo do Japão e Coreia do Sul em 2002, à revista Marcas do jornal A Razão.

 

Guardiola, ex-técnico do Barcelona, desfruta atualmente de um ano sabático, e estaria disposto a treinar o Brasil "a partir de amanhã" e disse que levaria a seleção canarinha a ser campeã no Mundial de 2014, segundo uma fonte próxima ao catalão citada pelo Lance.

 

O sucessor do recém destituído Mano Menezes será anunciado no início de janeiro, segundo o diretor de seleções da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Andrés Sánchez.

Escrito por:

France Press