Publicado 25 de Novembro de 2012 - 7h44

Por France Press

Time corre o risco de ficar a 11 pontos do líder Barcelona em caso de vitória catalã sobre o Levante (6º)

FRANCE PRESS

Time corre o risco de ficar a 11 pontos do líder Barcelona em caso de vitória catalã sobre o Levante (6º)

O Real Madrid (3º) perdeu por 1 a 0 no campo do Betis (5º) neste sábado, pela 13ª rodada do Campeonato Espanhol, e corre o risco de ficar a 11 pontos do líder Barcelona em caso de vitória catalã sobre o Levante (6º) neste domingo.

 

O único gol da partida foi marcado pelo meia Beñat Etxebarría aos 16 minutos de jogo.

 

O brasileiro Kaká entrou no intervalo no lugar do volante alemão Sami Khedira e criou boas jogadas, mas não conseguiu impedir a derrota do time da capital.

 

O Betis, que vinha de uma humilhante derrota de 5 a 1 para o arquirrival Sevilla no clássico andaluz, se recuperou da melhor forma possível diante da sua torcida.

 

O Real dominou o início da partida, mas se abalou com a abertura do placar pelo time andaluz. Etxebarría pegou a sobra de uma bola mal afastada pelo argentino Angel Di Maria, driblou Khedira e balançou as redes com um belo chute da entrada da área.

 

O mesmo Di Maria quase se redemiu aos 30, quando tabelou com Ozil e emendou com uma bomba de pé direito, mas seu chute foi travado por um zagueiro.

 

O Betis continuou a apostar nos contra-ataques e ameaçou duas vezes com Ruben Castro, aos 23 e aos 41.

 

O Real aumentou seu poder de criação no segundo tempo com as entradas de Kaká e do croata Luka Modric, mas não conseguiu transformar em gol as inúmeras chances que teve.

 

Aos 9, o francês Karim Benzema chegou a balançar as redes, mas seu gol foi anulado por suposta posição de impedimento.

 

Seis minutos depois, Benzema teve outra grande chance ao pegar a sobra de uma cobrança de falta do português Cristiano Ronaldo, mas o lateral Angel Lopez salvou em cima da linha.

 

No minuto seguinte, Kaká arriscou de fora da área, mas o goleiro Adrian fez grande defesa e repetiu o feito aos 36, ao espalmar uma cobrança de falta de CR7.

 

Com o tropeço, o Real continua com 26 pontos, oito a menos do que o líder Barça e quatro a mais do que o Málaga (4º), que mais cedo goleou o Valencia (9º) por 4 a 0.

 

No estádio La Rosaleda de Málaga, Francisco Portillo abriu o placar aos 8 minutos de jogo, o argentino Javier Saviola ampliou aos 30 da etapa final, o paraguaio Roque Santa Cruz fez 3 a 0 aos 36 e o jovem meia Isco fechou a goleada nos acréscimos.

 

Mais cedo, o Rayo Vallecano (6º) superou o Mallorca (15º) por 2 a 0, com um gol marcado pelo jovem brasileiro Léo Baptistão, de 20 anos.

 

Neste domingo, o vice-líder Atlético de Madrid recebe o Sevilla (10º) e precisa vencer e torcer por uma derrota do Barça no campo do Levante para se igualar aos catalães.

Escrito por:

France Press