Publicado 24 de Novembro de 2012 - 19h19

Por Agência Estado

Ganso vai iniciar a partida diante da Ponte Preta como titular

Cedoc/RAC

Ganso vai iniciar a partida diante da Ponte Preta como titular

Com o São Paulo já garantido na Copa Libertadores de 2013, o técnico Ney Franco resolveu poupar o time inteiro titular que enfrentou a Universidad Católica, na última quinta-feira (22/11), pela Copa Sul-Americana, e irá escalar uma equipe cheia de reservas no duelo deste domingo (25/11), contra a Ponte Preta, em Campinas, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Até o capitão Rogério Ceni, que manifestou vontade de atuar neste duelo, ficou fora da lista de relacionados neste sábado (24/11) pelo treinador.

Com o grande número de jogadores descartados da partida no interior paulista, se tornou grande a chance de Paulo Henrique Ganso disputar o seu primeiro duelo como titular com a camisa são-paulina. O meio-campista já atuou em dois jogos, diante de Náutico, na sua estreia, no último domingo (18/11), no Morumbi, e na quinta-feira, contra a Universidad Católica, em Santiago, mas em ambas ocasiões entrando no time apenas no segundo tempo.

Ganso afirmou que já se sente pronto para atuar desde o início das partidas e agora espera aproveitar essa brecha para mostrar o seu melhor futebol, enquanto Ney Franco deixou claro que a prioridade neste momento é a semifinal da Copa Sul-Americana. Após empate por 1 a 1 no jogo de ida, no Chile, o time são-paulino poderá até empatar sem gols para garantir lugar na decisão do torneio continental.

"Chegou o momento no ano que temos que priorizar e temos uma decisão importante na Sul-Americana. Optamos por recuperar fisicamente os titulares e vamos poupá-los deste jogo de domingo", avisou Ney Franco, por meio do site oficial do São Paulo, neste sábado.

Confira a lista de relacionados do São Paulo para a partida deste domingo:

Goleiros: Denis e Léo.

Laterais: Douglas, Henrique Miranda e Lucas Farias.

Zagueiros: Edson Silva, João Filipe e Luiz Eduardo.

Meio-campistas: Paulo Henrique Ganso, Maicon, Cícero, Casemiro, Cañete, Paulo Assunção, Rodrigo Caio e João Shmidt.

Atacantes: Ademilson e Willian José.

Escrito por:

Agência Estado