Publicado 24 de Novembro de 2012 - 10h23

Por Agência Estado

Harry Redknapp tem uma longa carreira como treinador, mas ganhou destaque nos últimos quatro anos, quando esteve no comando do Tottenham

FRANCE PRESS

Harry Redknapp tem uma longa carreira como treinador, mas ganhou destaque nos últimos quatro anos, quando esteve no comando do Tottenham

Lanterna do Campeonato Inglês, o Queens Park Rangers anunciou neste sábado Harry Redknapp como seu novo treinador. O técnico de 65 anos assinou contrato por duas temporadas e meia e chega para substituir Mark Hughes, demitido na última sexta-feira por conta da decepcionante campanha da equipe na competição nacional na qual figura em último, com apenas quatro pontos e nenhuma vitória em 12 partidas.

Harry Redknapp tem uma longa carreira como treinador, mas ganhou destaque nos últimos quatro anos, quando esteve no comando do Tottenham. As boas campanhas fizeram com que seu nome fosse o preferido de boa parte da torcida e dos dirigentes da Associação de Futebol da Inglaterra (FA) para substituir Fabio Capello como técnico da seleção nacional, mas, na época, o clube londrino não o liberou. Ele acabou demitido em junho.

Mesmo acertando com o lanterna do Inglês, Redknapp demonstrou empolgação e ansiedade para começar o trabalho. "Quando falei com o clube e me disseram os planos, sabia que era uma boa oportunidade. Não há dúvidas sobre a habilidade do elenco, mas por alguma razão as coisas não estão tão boas quanto o esperado neste começo de temporada. Mal posso esperar para começar o trabalho", declarou.

A campanha do Queens Park Rangers é ainda mais decepcionante pelo elenco que possui. Para esta temporada, os dirigentes não economizaram e contrataram diversos reforços de peso, como o goleiro brasileiro Julio Cesar, o meio-campista coreano Park Ji-Sung, o lateral português Bosingwa e o meia espanhol Granero.

Redknapp não deve comandar a equipe diante do Manchester United, neste sábado, pelo Campeonato Inglês. Sua estreia deve acontecer somente na terça-feira, diante do Sunderland, também pela competição nacional.

Escrito por:

Agência Estado