Publicado 23 de Novembro de 2012 - 10h59

Por Agência Estado

O Queens Park Rangers anunciou nesta sexta-feira a demissão do técnico Mark Hughes, que acabou não resistindo no cargo devido ao péssimo momento vivido pela equipe. Atuando em casa, o time de Londres foi derrotado pelo Southampton por 3 a 1, no último sábado, e desta forma permaneceu com apenas quatro pontos, na lanterna do Campeonato Inglês, sem nenhuma vitória em 12 partidas disputadas.

 

Hughes se tornou o segundo técnico demitido em um intervalo de apenas dois dias na Inglaterra, depois de Robert Di Matteo ter sido mandando embora do Chelsea. Nesta sexta, por meio de nota oficial, o Queens Park Rangers deixou claro que a permanência do treinador se tornou insustentável.

 

"Mark mostrou integridade e profissionalismo enquanto esteve aqui, mas as circunstâncias nos deixaram sem outra opção que não seja fazer uma mudança. Anunciaremos um substituto o mais breve possível", informou a nota oficial, que agradeceu Hughes pelo esforço que exibiu na equipe. "A decisão foi tomada após muitas reuniões entre os diretores do clube nos últimos dias. Gostaríamos de agradecer Mark por seu comprometimento, trabalho e dedicação no tempo em que esteve no cargo."

 

Após a confirmação da demissão, Harry Redknapp aparece como grande favorito a assumir o comando do Queens Park Rangers. Ele foi demitido pelo Tottenham em junho, apesar de ter levado o clube a terminar o último Campeonato Inglês na honrosa quarta colocação.

 

Agora sem Hughes, o QPR terá os assistentes-técnicos Mark Bowen and Eddie Niedzwiecki no comando interino da equipe no confronto deste sábado, contra o vice-líder Manchester United, fora de casa, pelo Campeonato Inglês. O lanterna da competição, que tem o brasileiro Julio Cesar como seu goleiro titular, marcou nove gols e tomou 23 em 12 partidas até aqui.

Escrito por:

Agência Estado