Publicado 28 de Novembro de 2012 - 16h52

Duas mulheres e um homem foram presos pela Polícia Militar (PM) acusados de participar de assalto em loja do Jardim Aeronave, região Oeste de Campinas, no final da tarde de terça-feira (27). O homem dirigia o carro em que as suspeitas detidas chegaram no estabelecimento comercial da Rua Giuseppe Gorsin. Armadas com facas, as mulheres renderam a comerciante, de 28 anos, para realizar o assalto. As acusadas apossaram-se de calçados e produtos de higiene pessoal.

Policiais militares da Força Tática do 47º Batalhão foram acionados para verificar o caso de assalto e conseguiram deter o homem, que era o piloto de fuga das bandidas. Ele estava no Logus usado no ataque. Preso, Alex da Silva Barbosa, de 31 anos, afirmou aos PMs da Força Tática que “apenas”a havia guiado o carro e entregou as acusadas Dafini Karla Monteiro Mota, de 28 anos, e Vivian Cristina de Oliveira, de 32 anos, que estavam em uma casa. As duas acabaram presas.

Os policiais militares recuperaram três pares de calçados (avaliados em R$ 90, o total), três camisetas (R$ 90), além dos produtos de higiene, como desodorantes e cremes para a pele – que valiam R$ 195. O trio acabou autuado na Central de Flagrantes da Polícia Civil por acusação de roubo. O homem foi mandado para a cadeia anexa ao 2º Distrito Policial (São Bernardo) de Campinas. Já as duas mulheres foram para cela em Paulínia.