Publicado 26 de Novembro de 2012 - 17h06

Por Raquel Valli

Orientação para quem encontrar um silvestre perdido é chamar a Polícia Ambiental

Thiago Fonseca/ AAN

Orientação para quem encontrar um silvestre perdido é chamar a Polícia Ambiental

Um exemplar de gavião-pombo (espécie que está ameaçada de extinção) foi resgatado nesta segunda-feira (26) na região do Ouro Verde, zona Oeste de Campinas, com queimaduras no rosto, nas costas e em ambas as asas.

"Pelas características do ferimento, ele bateu em uma cerca elétrica de alguma casa", explica o médico-veterinário Diogo Siqueira, da clínica Planetvet, que está cuidando do filhote, que tem cerca de dois meses e meio de idade.

Além das queimaduras, 'Vitório' está com o bico quebrado e abaixo do peso. A estimativa, entretanto, é que ele possa voltar à natureza em quatro a seis meses. "Ele precisa restabelecer-se, crescer e passar por um processo de adaptação antes da soltura, o que inclui aprender a caçar sozinho e a defender-se de possíveis predadores", completa o especialista.   

O gavião-pombo estava voando baixo em uma das ruas do Ouro Verde, quase sendo atropelado pelos carros, quando um cidadão o recolheu e e o encaminhou à Polícia Ambiental, que, então, chamou Siqueira para salvá-lo. 

"Foi uma surpresa grande encontrar um animal desses, que está na lista vermelha do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), aqui por Campinas. Seu habitat é restrito à fragmentos de Mata Atlântica e ele era visto sobretudo no Nordeste e no Paraná, antes de estar em vias de extinção", conta o veterinário.       

"Frequentemente animais silvestres vem sendo encontrados em cidades devido ao desmatamento do que restam das matas. Esse desmatamento não leva em conta os corredores que devem ser preservados para a não extinção das espécies. Ele é feito, sobretudo, para a construção de condomínios-fechados, que invadem o espaço dos bichos e não lhes deixa outra opção a não ser ir para as cidades - onde sofrem acidentes e colocam suas vidas e as dos humanos em risco", completa.

"Assim, o crescimento desordenado das cidades, além de outros problemas, atrapalha a reprodução e o desenvolvimento dos animais", finaliza. 

A orientação para quem encontrar um silvestre perdido é chamar a Polícia Ambiental, para que ela tome as devidas providências. O telefone é (19) 3272-6186.  

Escrito por:

Raquel Valli