Publicado 07 de Novembro de 2012 - 9h16

Obras da construção de maginais no Km 136 da D. Pedro, umas das intervenções realizadas atualmente no trecho de Campinas: outras medidas de melhorias na via já provocam congestionamentos diários

Érica Dezonne/AAN

Obras da construção de maginais no Km 136 da D. Pedro, umas das intervenções realizadas atualmente no trecho de Campinas: outras medidas de melhorias na via já provocam congestionamentos diários

A realização de obras em três pontos da Rodovia D. Pedro I (SP-065) criou uma rotina de congestionamento e muita dor de cabeça para quem precisa passar diariamente pelo trecho de Campinas. Os trechos têm sofrido com até dois quilômetros de lentidão nos dias de maior fluxo de veículos. Por causa do trânsito pesado em alguns dias, motoristas relatam que acabam trocando a rodovia por percursos mais longos em horários como no início da tarde, para evitar ficarem parados nas filas.

Na altura do Km 127,5, a concessionária Rota das Bandeiras realiza obras de melhorias no trevo de Sousas, interditando as alças do dispositivo em momentos alternados e pontuais. O mesmo trabalho acontece no trevo da Rodovia Adhemar de Barros (SP-340), no Km 134,8. Na pista norte, sentido Anhanguera, na altura do Km 137,4, próximo ao Parque D. Pedro Shopping, a empresa realiza obras de recuperação profunda do pavimento. A faixa da esquerda está interditada para a realização dos trabalhos, mas os motoristas podem utilizar a marginal existente no local como opção.

As obras de recuperação foram iniciadas em junho deste ano entre os Kms 113 (divisa de Itatiba com Valinhos) e 145 (Campinas), com um investimento total de R$ 25 milhões, com prazo de encerramento em dezembro. As intervenções são realizadas das 9h às 17h, de segunda-feira a sábado, horário considerado pela concessionária como de menor impacto nos momentos de pico de trânsito.

Para complicar a situação de quem passa pelo local, um acidente na manhã de ontem na altura do acesso ao Anel viário Magalhães Teixeira deixou dois quilômetros de lentidão (veja texto acima). Além dos trechos de recuperação de pavimento, outro trecho da pista que também passa por obras é no Km 136, onde foram iniciadas em setembro a construção de marginais, sem muita interferência, até agora, no tráfego. A primeira etapa das obras ocorrerá entre o Km 134,6 e o Km 137, entre o acesso à Rodovia Adhemar de Barros e o acesso ao Parque D. Pedro Shopping, na pista sentido Anhanguera.

As marginais terão duas faixas de 3,5 metros de largura cada, além de acostamento com 3 metros. Também será erguido um muro de contenção de 5,5 mil metros quadrados. Esse primeiro trecho, cujo investimento será de R$ 6,6 milhões, tem previsão de entrega em março de 2013. O prazo de conclusão de toda a obra não tem previsão de data de entrega pois depende de licenças ambientais.

A obra de construção e remodelação das marginais da Rodovia D. Pedro I será executada no trecho urbano de Campinas, por onde passam 125 mil motoristas diariamente. O investimento total previsto é de R$ 143,9 milhões para os 32,6 quilômetros de vias marginais a serem implantadas (entre o Km 129,2 e o Km 145,5, em ambos os sentidos). Nos pontos onde já existem, as marginais serão remodeladas e adaptadas ao padrão e traçado das novas pistas. A obra completa prevê, ainda, a construção de três passagens inferiores, dois trevos, acesso a Barão Geraldo, três passarelas e melhorias em quatro dispositivos.

Os trabalhos começaram com a limpeza do local, sem interferência no tráfego. No entanto, o fechamento do acesso pela Rua Sérgio Carnielli foi necessário porque a faixa usada por quem chega à rodovia passa pelo exato local em que ficará a marginal. Ali só é permitido tráfego local, dos moradores.

Engavetamento entre 7 veículos deixa 2 feridos na via  

Um engavetamento entre sete veículos deixou duas pessoas feridas na manhã de ontem no acesso do Anel Viário Magalhães Teixeira à Rodovia D. Pedro I, em Campinas. As vítimas foram encaminhadas com ferimentos leves nas mãos e braços até o Pronto Atendimento do Anchieta. O acidente envolveu cinco carros, uma caminhonete e um caminhão e ocorreu na pista da direita da via, que teve de ficar fechada para a remoção dos veículos batidos.

O acidente ocorreu às 8h04. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, um dos carros, ao entrar no acesso para a rodovia, devido ao grande movimento do horário, freou bruscamente e os veículos que vinham na sequência acabaram colidindo. Todos os veículos foram removidos até o canteiro central da via, até serem retirados por caminhões-guincho.

A duas vias ficaram congestionadas, de acordo com a concessionária que administra a rodovia, a Rota das Bandeiras. Houve lentidão de dois quilômetros na D. Pedro a partir do Km 129. No Anel Viário, foi registrado um quilômetro de lentidão. A curiosidade de muitos motoristas também prejudicou ainda mais o trânsito complicado no local do acidente. Policiais rodoviários tiveram que sinalizar para os veículos seguirem na pista. O fluxo só melhorou uma hora após o acidente, por volta das 9h15.

Um outro acidente na mesma rodovia também aumentou a lentidão. Uma colisão traseira foi registrada entre dois carros na altura do Km 140, sentido Jacareí, ainda no período da manhã, próximo à região da Ceasa. De acordo com a Rota das Bandeiras, não houve vítimas e o acidente foi causado por desatenção de motoristas.