Publicado 27 de Novembro de 2012 - 8h20

Equipamento instalado no interior do ônibus, junto à entrada de passageiros: mais qualidade de vida

Divulgação

Equipamento instalado no interior do ônibus, junto à entrada de passageiros: mais qualidade de vida

Limeira terá trasporte coletivo urbano com um sistema eletrônico para ajudar deficientes visuais a embarcarem sozinhos. Com a tecnologia, pessoas cegas poderão escolher a linha desejada através de um aparelho e serão avisadas quando o ônibus chegar no ponto onde está. Os motoristas também receberão alertas sonoros de que um passageiro especial aguarda no local. A instalação dos equipamentos será concluída esta semana nos 130 carros da frota e motoristas e passageiros passarão por treinamento.

O tecnólogo em recursos humanos Alexandre Aparecido Nascimento, de 27 anos, é um dos deficientes visuais que vai participar do treinamento que será realizado com 46 usuários do sistema. “O aparelho vai trazer independência para a gente”, diz. “Eu pego até oito ônibus por dia e tenho sempre que pedir ajuda para as pessoas que, muitas vezes, nos colocam até em linhas erradas.”

De acordo com o diretor de transportes da cidade, Luís Augusto Lopes Xavier, o sistema vai melhorar a vida dos deficientes visuais. “O custo-benefício era viável e decidimos adotá-lo em nossa cidade, arcando com todos os custos”, explica. “Nosso intuito é o de melhorar a qualidade de vida e facilitar o direito universal de ir e vir dessas pessoas.”

A Prefeitura adquiriu e repassou às empresas os receptores e aos usuários deficientes visuais os transmissores. O investimento é de R$ 157 mil. Assim que forem concluídos os treinamentos, o sistema deve começar a funcionar.