Publicado 26 de Novembro de 2012 - 12h08

O fugitivo da Justiça Dyefferson dos Santos, de 27 anos, foi executado com vários tiros, inclusive no rosto, no Jardim Santa Eudóxia, região Sudoeste de Campinas, nesta segunda-feira (25). O corpo foi encontrado por policiais militares do 35º Batalhão às 6h, na varanda de uma casa da Rua Elias de Oliveira Saboia.

Cápsulas deflagradas de pistola semiautomática calibre 9 milímetros foram achadas ao lado do corpo. O caso vai ser apurado por equipe da Delegacia do 10º Distrito Policial (Jardim Proença) com apoio do Setor de Homicídios e de Proteção à Pessoa (SHPP).

 

Segundo informações obtidas pela equipe Jaguar 5 do SHPP, Dyefferson começou a ser baleado na Rua Serra Diamantina e correu até a Elias de Oliveira Saboia, entrada para o “Escadão” - local conhecido para acesso à favela e onde há tráfico intenso de drogas.

Dyefferson, segundo os investigadores, foi baleado nas pernas, braço esquerdo, peito e rosto. Ele estava na condição de fugitivo de presídio de Bauru, onde cumpria pena em regime semiaberto, desde 22 de outubro passado. Ele tinha acusações de tráfico de drogas, receptação e roubo.