Publicado 23 de Novembro de 2012 - 19h11

Depoimento da ex-primeira dama foi o mais aguardado

César Rodrigues/AAN

Depoimento da ex-primeira dama foi o mais aguardado

O delator do esquema do suposto esquema que ficou conhecido como Caso Sanasa, Luiz Augusto Castrillon de Aquino, presta depoimento agora, na tarde desta sexta-feira (23), na audiência de interrogatório na Cidade Judiciária de Campinas. 

Aquino confessou todas as denúncias que já havia dado ao Ministério Público e confirmou a existência de pagamentos mensais, que chamou de 'mensalinho', que seria feito aos diretores da Sanasa. 

A denúncia já havia sido feita pelos advogados de Augusto e Alfredo Antunes, réus do processo e sócios da Global Engenharia e Logística Ltda, de que pagariam quantias mensais aos diretores por conta de licitações dirigidas. 

Aquino chegou a se emocionar durante o depoimento e disse que tinha decidido 'se expurgar de seus erros porque precisa poder voltar a olhar nos olhos de seus netos'.

Aquino reafirmou que Rosely Nassim Jorge Santos, ex-chefe de gabinete do então prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT), seria mentora do esquema e que ele entregava quantias em espécie para ela em seu escritório e gabinete. 

Durante o depoimento, o promotor Amauri Silveira Filho pediu que Aquino apontasse os réus citados na denúncia e Rosely teve que se levantar para ser identificada pelo delator do esquema. 

A audiência já dura cerca de cinco horas e os advogados dos réus realizam perguntas para Aquino neste momento. A sessão deve durar pelo menos mais uma hora e a próxima audiência será marcada no final da sessão. Será realizada para ouvir os réus Augusto e Alfredo Antunes, que também realizaram acusações contra os demais réus em seus depoimentos.   

Após a realização desta audiência os demais réus serão ouvidos, entre elas a ex-primeira-dama Rosely.   

Em breve mais informações