Publicado 11/07/2019 - 18h01 - Atualizado 11/07/2019 - 18h01

Por Estadão Conteúdo


O líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), afirmou na tarde desta quinta-feira, 11, que não há acordo fechado em torno da votação dos destaques à reforma da Previdência. Segundo ele, serão votados dez destaques e a intenção é finalizar a análise desta fase ainda hoje ou até a madrugada desta sexta-feira.

A previsão dos líderes partidários é de que cada destaque demore cerca de uma hora para ser votado. Segundo Pimenta, a intenção do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), é seguir com as próximas fases de votação nesta sexta e, se necessário, avançar pelo fim de semana.

Após a conclusão dos destaques, a comissão especial que analisou a proposta deverá ser convocada novamente para aprovar as mudanças feitas e, então, o texto voltaria para ser votado em segundo turno pelo plenário.

Escrito por:

Estadão Conteúdo