Publicado 10/07/2019 - 19h16 - Atualizado 10/07/2019 - 19h16

Por Estadão Conteúdo


O Banco do Brasil liderou em junho o Ranking Top 5 do Banco Central (BC) para a taxa de câmbio de curto prazo. No dia 28 de junho, o dólar fechou em leve alta de 0,18%, cotado a R$ 3,8404. A projeção do BB para o dólar no período reservou um desvio de R$ 0,0401 em relação à taxa efetiva.

No ranking de curto prazo, avalia-se a precisão das projeções com defasagem de cerca de um mês em relação à publicação do indicador, analisado nos últimos seis meses.

A segunda colocação foi a da Novus Capital, cuja previsão para o fechamento da moeda norte-americana mostrou um desvio de R$ 0,0436 em relação à cotação fechada da moeda.

O Barclays Bank, com uma projeção que mostrou um desvio de R$ 0,0482 em relação ao fechamento do dólar em junho, ficou com a terceira posição. A MCM Consultores e a Vinci Gestora ficaram, respectivamente, com a quarta e quinta posição.

A projeção da MCM mostrou um desvio de R$ 0,0484 em relação ao dólar fechado de junho. Já a previsão da Vinci Gestora mostrou um desvio de R$ 0,0487.

Escrito por:

Estadão Conteúdo