Publicado 10/07/2019 - 16h45 - Atualizado 10/07/2019 - 16h45

Por AFP


Senegal sofreu mas conseguiu superar o obstáculo das quartas de final, com um triunfo de 1 a 0 sobre Benim, uma das revelações da Copa da África (CAN-2019), nesta quarta-feira no Cairo.

Com um lugar na final de sexta-feira, dia 19, como objetivo, os "Leões da Taranga" vão enfrentar no domingo nas semifinais o vencedor do duelo entre Madagascar e Tunísia, que encerra na quinta-feira as quartas de final.

Depois do discreto 1 a 0 com o qual venceu Uganda nas oitavas, os senegaleses continuam na mesma linha, avançando com mais eficiência do que brilho.

O autor do gol da vitória foi Idrissa Gueye, que recebeu na entrada da área um passe de Sadio Mané, penetrou e soltou a bomba para o fundo das redes (70).

Benim ficou pouco depois com um jogador a menos, aos 37 do segundo tempo, após o cartão vermelho recebido por Olivier Verdon, jogador do Alavés, da Espanha.

Mané, um dos astros do Liverpool, segue na artilharia do torneio, com três gols marcados, mas não conseguiu balançar as redes nesta partida.

Senegal, que levou um susto na primeira fase com uma derrota para a Argélia (1-0), supera as quartas de final da CAN pela primeira vez em treze anos, desde a edição de 2006 também no Egito, na qual terminou na quarta posição.

O vice-campeonato em Mali-2002 foi o melhor resultado de Senegal em sua história na Copa Africana.

Benim foi uma das grandes surpresas das oitavas, ao vencer Marrocos nos pênaltis.

Esta CAN foi a melhor dos beninenses, embora ainda não tenham vencido nenhuma partida (sem contar a disputa de pênaltis) em toda a história neste torneio. Também jogaram a Copa Africana em 2004, 2008 e 2010, sem conseguir nenhuma vitória e sendo eliminados nas três ocasiões ainda na fase de grupos.

bur-ah/dr/psr/aam

Escrito por:

AFP