Publicado 10/07/2019 - 15h01 - Atualizado 10/07/2019 - 15h01

Por AFP


O ítalo-brasileiro Thiago Motta deixou o cargo de técnico da equipe sub-19 do Paris Saint-Germain, informou o clube parisiense nesta quarta-feira.

"Em comum acordo, o Paris Saint-Germain e Thiago Motta decidiram liberar o ex-meia de seu último ano de contrato como técnico da equipe sub-19, que ele comandava desde junho de 2018", explicou o PSG.

"Thiago Motta poderá assim dar sequência a seu aprendizado do cargo de técnico no Centro técnico federal italiano de Coverciano", continuou o clube.

Envolvido em um conflito de ideais com Antero Henrique, ex-diretor esportivo do PSG, Thiago Motta, 36 anos, já havia anunciado desde maio que deixaria o cargo em Paris. E a chegada de Leonardo, novo diretor esportivo do clube, não mudou esse cenário.

O ex-jogador ítalo-brasileiro defendeu o PSG em campo entre 2012 e 2018, disputando 231 jogos, marcando 12 gols e dando 18 assistências.

Desde que pendurou as chuteiras, porém, o PSG nunca encontrou um substituto à altura para sua posição. A contratação de um primeiro volante é uma das prioridades de Leonardo.

adc/bfi/am

Escrito por:

AFP