Publicado 09/07/2019 - 14h45 - Atualizado 09/07/2019 - 14h45

Por Estadão Conteúdo


O Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) afirmou em relatório que a produção de petróleo dos Estados Unidos e os estoques globais devem avançar no restante de 2019 e também em 2020. As informações constam do relatório sobre a perspectiva no curto prazo divulgado pelo órgão nesta terça-feira.

O DoE prevê que a produção de petróleo dos EUA fique em 12,4 milhões de barris por dia (bpd) em média em 2019 e em 13,3 milhões de bpd em 2020, com a maior parte do crescimento vindo da região de Permian, do Texas e do Novo México.

Os estoques globais de petróleo, por sua vez, devem aumentar 100 mil bpd em 2019 e também avançar 100 mil bpd em 2020. "os estoques globais crescentes de petróleo refletem em grande medida uma perspectiva crescentemente fraca para a demanda global por petróleo em 2019", afirma o DoE. O órgão prevê que a demanda global aumente 1,1 milhão de bpd em 2019, 200 mil de bpd a menos do que o previsto em junho. Em 2020, prevê crescimento na demanda de 1,4 milhão de bpd.

O preço do barril do WTI deve ficar em US$ 62 no segundo semestre de 2019 e em US$ 63 em 2020. Já o barril do Brent deve ficar em média em US$ 67 no segundo semestre deste ano e em US$ 63 em 2020, diz o DoE.

Escrito por:

Estadão Conteúdo