Publicado 09/07/2019 - 08h30 - Atualizado 09/07/2019 - 08h30

Por AFP


Chuvas torrenciais caíram na segunda-feira em Washington DC e seus arredores, inundando vários bairros e afetando o fornecimento de eletricidade e os serviços de transporte.

O Serviço Meteorológico Nacional emitiu um alerta para inundações repentinas no momento em que a tempestade atingiu a região, inundando as ruas e forçando o fechamento de várias estradas.

Aeroportos e estações ferroviárias também foram afetadas, o que causou atrasos.

Imagens transmitidas pela televisão local e postadas nas redes sociais mostravam veículos submersos em áreas conhecidas na capital americana, como no Monumento de Washington, e também motoristas nos tetos de seus carros.

O principal alimentador de energia do prédio do Arquivo Nacional - onde estão alguns dos documentos históricos mais importantes dos Estados Unidos - foi inundado, causando uma queda de energia.

"A Declaração de Independência, a Constituição (...), juntamente com todos os outros registros valiosos mantidos no prédio, estão seguros e fora de qualquer perigo", garantiu a instituição em um comunicado.

Nem mesmo a Casa Branca escapou: imagens de vários correspondentes e televisões mostraram as poças que se formaram em um de seus porões.

Nenhuma morte foi relatada, apesar das numerosas chamadas de emergência recebidas pelas autoridades.

A chuva e as inundações continuam e centenas de clientes foram afetados por cortes de energia, de acordo com um mapa ao vivo no site da Pepco.

qan/rma/lda/mr

PEPCO HOLDINGS

Escrito por:

AFP