Publicado 08/07/2019 - 22h15 - Atualizado 08/07/2019 - 22h15

Por AFP


A embaixada de Israel no Brasil foi alvo de brincadeiras nas redes sociais por fazer uma camuflagem grotesca de uma lagosta "não kosher" que o embaixador israelense comia durante almoço com o presidente Jair Bolsonaro.

A imagem, publicada na conta oficial no Twitter da embaixada, mostra o embaixador Yossi Shelley e Bolsonaro almoçando no domingo, antes da final da Copa América entre Brasil e Peru.

Mas a comida nos pratos aparece coberta com uma tarja preta, exceto os extremos do que parece ser uma lagosta.

"A lagosta foi censurada", comentou no Twitter "Lorde Ingles" sobre a foto, que recebeu 2.700 curtidas e centenas de comentários.

Segundo a tradição judaica, crustáceos e outros mariscos estão proibidos como comida "não kosher".

O usuário "Xamander" colocou um bife com arroz decorado com uma cara feliz no prato do embaixador, no lugar da grotesca montagem da embaixada.

"Ajudei a fazer um melhor trabalho de photoshop. De nada", escreveu Xamander.

A embaixada de Israel não respondeu às consultas da AFP sobre a foto publicada.

amj-val/it/lr

Escrito por:

AFP