Publicado 08/07/2019 - 16h46 - Atualizado 08/07/2019 - 16h46

Por Estadão Conteúdo


O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, criticou nesta segunda-feira, 8, parlamentares que declaram que não apoiarão a reforma da Previdência por ela beneficiar o governo do presidente Jair Bolsonaro.

"Já ouvi de parlamentares essa barbaridade: se votar a Previdência com essa economia que o Paulo Guedes (ministro da Economia) tá pedindo, Bolsonaro está reeleito", afirmou, em evento na Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

Heleno disse ter retrucado: "Você está pensando em reeleição do Bolsonaro em vez de pensar no seu País? Pensa nisso depois. Depois derruba o Bolsonaro. Primeiro, aprova a Previdência".

Na palestra, o ministro negou ainda ser o principal conselheiro de Bolsonaro, e disse que a imprensa exagera neste sentido. "Tenho a vantagem de ser o mais velho. O Brasil é muito grande. Há vários conselheiros", afirmou.

Escrito por:

Estadão Conteúdo