Publicado 11/07/2019 - 11h31 - Atualizado 11/07/2019 - 11h31

Por Carlos Rodrigues

Roberto Fonseca diz que o aproveitamento da intertemporada foi bom:

Letícia Martins/Guarani FC

Roberto Fonseca diz que o aproveitamento da intertemporada foi bom: "Agora é a competição oficial e temos que colocar tudo em prática. Não ficar só no campo da hipótese"

Roberto Fonseca até quis fazer algum mistério durante a entrevista coletiva, mas depois, em campo, mostrou qual será a formação titular do Guarani que enfrenta amanhã o CRB, no Estádio Rei Pelé, no jogo que marca o retorno da Série B do Brasileiro. Na última atividade antes da viagem para Maceió, o treinador definiu a equipe com três principais novidades em relação ao time que atuou antes da pausa para a Copa América.
No gol, a disputa pela posição foi encerrada e vencida por Jefferson, que mais uma vez trabalhou ontem entre os titulares, enquanto Klever foi o reserva. Na zaga, a provável cara nova é Bruno Silva. Provável porque o imbróglio com o Vasco ainda não foi resolvido, mas o Bugre garante ainda não ter sido notificado e conta com o jogador.
Por fim, o terceiro estreante será Michel Douglas. O atacante teve sua documentação regularizada ontem e será o dono da camisa 9 bugrina.
As outras dúvidas que existiam também foram resolvidas. Lenon voltou a treinar após dois dias de ausência e será titular da lateral-direita, enquanto Éder Luís ganhou o lugar de Vítor Feijão.
Para Roberto Fonseca, a equipe correspondeu bem a tudo que foi trabalhado durante a intertemporada, mas agora é hora de fazer valer dentro de campo.
“Nós tivemos um aproveitamento muito bom em tudo que fizemos nesses dias de trabalho. Os jogos-treino também deram um parecer muito grande do que temos e onde podemos chegar, sempre buscando a melhora”, diz o treinador. “Agora é a competição oficial e temos que colocar tudo em prática. Não ficar só no campo da hipótese ou do ensaio. Levar isso para dentro do gramado e ser efetivo.”
Na opinião do comandante bugrino, a pausa de 30 dias foi bastante favorável para todas as equipes e a expectativa é de que o nível do campeonato melhore daqui pra frente.
“Todos de uma maneira ou outra aproveitaram esse tempo, seja na parte física, técnica ou de contratações”, avalia Fonseca. “Todos se movimentaram. Quem precisa se arrumar na parte de baixo ou então quem quer se garantir lá em cima. Acredito que teremos jogos melhores pela frente”, encerra.

Escrito por:

Carlos Rodrigues