Publicado 11/06/2019 - 11h15 - Atualizado 11/06/2019 - 11h15

Por Estadão Conteúdo


A produção industrial recuou em nove dos 15 locais pesquisados em abril de 2019 ante abril do ano passado, segundo os dados da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional, divulgados nesta terça-feira, 11, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As perdas mais intensas ocorreram no Pará (-31,0%), Espírito Santo (-18,0%) e Minas Gerais (-10,9%), sob influência do mau desempenho das indústrias extrativas.

As demais perdas ocorreram no Rio de Janeiro (-8,8%), Goiás (-5,9%), Mato Grosso (-3,9%), São Paulo (-2,5%), Bahia (-1,2%) e Região Nordeste (-0,9%).

O IBGE ressalta que o mês de abril de 2019 teve o mesmo número de dias úteis que em igual mês do ano anterior, portanto não houve influência de efeito calendário sobre a produção.

Na direção oposta, houve expansão nas indústrias do Ceará (6,5%), Rio Grande do Sul (6,3%), Amazonas (4,0%), Pernambuco (3,3%), Santa Catarina (3,2%) e Paraná (2,1%).

Na média global, a indústria nacional teve queda de 3,9% em abril de 2019 ante abril de 2018.

Escrito por:

Estadão Conteúdo