Publicado 10/06/2019 - 18h14 - Atualizado 10/06/2019 - 18h14

Por AFP


As mulheres que dormem com a televisão ligada ou a luz do quarto acesa têm mais probabilidades de ganhar peso, segundo um novo estudo divulgado nesta segunda-feira (10).Publicado pelo Journal of the American Medical Association (JAMA), o estudo se baseou em uma pesquisa com quase 44.000 mulheres americanas, que foram acompanhadas por cinco anos.As mulheres foram classificadas segundo seu nível de exposição à luz artificial durante a noite, proveniente de diversas fontes, como pequenas luzes noturnas ou rádios-relógios, até luzes da rua, da televisão ou do próprio quarto. Uma das descobertas mais importantes foi que as mulheres que dormiam com uma luz ou com a televisão ligada no quarto tinham 17% mais chances de ter engordado cinco quilos ou mais durante o período da pesquisa.Foram levados em conta fatores como o local de domicílio da pessoa (rural ou urbano), sua faixa de renda e o peso inicial, a fim de compará-las a mulheres em situações similares.Os coautores do estudo, Dale Sandler e Yong-Moon Mark Park, do Instituto Nacional de Ciências da Saúde e do Meio Ambiente, na Carolina do Norte, sugeriram que a luz pode estar suprimindo a produção de melatonina, o que altera o ritmo circadiano e os padrões de alimentação.Outras possibilidades são que a luz age como um "fator de estresse crônico" que interrompe a liberação de hormônios do estresse como os glicocorticoides, que intervém na regulação da ingestão de alimentos, ou que pode haver outro mecanismo em funcionamento que afete diretamente o metabolismo.Os autores reconheceram várias limitações, incluindo que os dados foram autorrelatados e que não sabiam quão intensas eram as diferentes fontes de luz. A alta exposição à luz também pode "refletir uma constelação" de medições de "desvantagem socioeconômica e hábitos pouco saudáveis, que poderiam contribuir para o aumento de peso e a obesidade".

Escrito por:

AFP