Publicado 10/06/2019 - 14h45 - Atualizado 10/06/2019 - 14h45

Por AFP


França, Alemanha, Reino Unido, Polônia e Suécia expressaram, nesta segunda-feira, apoio ao Parlamento da ex-república soviética da Moldávia depois que o primeiro-ministro Pavel Filip anunciou a sua dissolução.Em um comunicado conjunto, declararam que "na atual crise constitucional, consideramos o Parlamento da Moldávia como o representante do povo da Moldávia e o local mais apropriado para debater questões políticas, incluindo as mais polêmicas, e como tal o apoiamos". mm/ach/al/mb/mr

Escrito por:

AFP