Publicado 09/06/2019 - 18h59 - Atualizado 09/06/2019 - 18h59

Por AFP


Os pesos pesados da indústria americana da defesa e da aeronáutica Raytheon e United Technologies anunciaram neste domingo um acordo de fusão."A transação criará um provedor de sistemas de primeiro nível com tecnologias avançadas para abordar segmentos rapidamente crescentes dentro do setor aeroespacial e de defesa", disseram as companhias em um comunicado conjunto, acrescentando que o novo conglomerado terá este ano vendas no valor de 74 bilhões de dólares.A fusão deixará de fora os elevadores Otis e os aparelhos de ar-condicionado Carrier, divisões não relacionadas com os setores de defesa e aeronáutica, que, segundo o comunicado, devem ser "separadas da United Technologies na primeira metade de 2020".A Raytheon é mais conhecida por seus sistemas de defesa antiaérea Patriot, famosos durante a primeira Guerra do Golfo, e por seus mísseis Tomahawk.A United Technologies é um peso pesado no setor aeroespacial com seus motores Pratt e Whitney, usados em aeronaves civis e militares, incluindo o caça F-35.cs/mdl/rsr/yow/db

Escrito por:

AFP