Publicado 08/06/2019 - 20h44 - Atualizado 08/06/2019 - 20h44

Por AFP


A jovem seleção holandesa quer conquistar neste domingo seu primeiro título europeu na Liga das Nações e para isso terá que superar uma seleção portuguesa supermotivada para jogar diante de sua torcida no Porto a final da Liga das Nações (às 15h45, pelo horário de Brasília).Os portugueses desejam levantar no Estádio do Dragão o novo troféu criado pela Uefa, como uma aperitivo da defesa de seu título da Eurocopa em 2020.Para os holandeses, que não se classificaram para a Euro-2016 ne para a Copa do Mundo de 2018, é a oportunidade de confirmar sua evolução e sua volta à elite com um primeiro título europeu desde a Eurocopa de 1988."Qualquer título dá confiança à equipe e mostra que estamos no caminho certo", disse neste sábado o meia Georginio Wijnaldum em uma coletiva de imprensa, destacando a renovação da seleção 'oranje'."Se olharem de onde viemos, verão que ganhar a Liga das Nações dá uma motivação extra e é isso que queremos", acrescentou, depois de vencer a Inglaterra por 3 a 1 na prorrogação na semifinal.- 'Temos nossas chances' -"Portugal tem uma equipe muito forte, com talentos individuais de grande qualidade e joga em casa, mas acho que temos nossas chances", afirmou o meio-campo Frenkie de Jong após a vitória sobre os ingleses na qual foi eleito o melhor jogador da partida.O meia do Barcelona na próxima temporada será um dos principais triunfos da 'Oranje' diante dos portugueses com sua visão e distribuição de jogo.Mas quando os jogadores entrarem em campo no domingo, as atenções deverão estar voltadas para duelo entre o astro português Cristiano Ronaldo e o "muro" holandês Virgil Van Dijk.O zagueiro central do Liverpool voltou a ser uma rocha contra Inglaterra, que marcou seu gol de pênalti (3-1), enquanto que Cristiano levou sua seleção à final com seu 'hat trick' diante da Suíça (3-1)."Sabemos das qualidades dele e que precisamos defender bem, mas não será uma marcação homem a homem", advertiu neste sábado o técnico holandês Ronald Koeman."Jogamos um amistoso em 2018 e (Matthijs) de Ligt também parou Cristiano, não só Van Dijk", acrescentou.Contra a Inglaterra, a 'Oranje' acabou impondo seu jogo de toques e sua velocidade, as armas que, sem dúvida, vai usar no domingo.- Holanda 'mais forte' -"A Holanda é uma grande equipe. Tem jogado muito bem. Vi a equipe em algumas partidas recentes e eles têm um elenco excelente com grandes jogadores, jovens e veteranos, o que a torna até mais forte", alertou Cristiano Ronaldo em uma entrevista com a página oficial da Uefa.O capitão português, que jogou as finais das Eurocopas de 2004, disputada em Portugal, e de 2016, que a seleção portuguesa venceu na França, jogará sua terceira decisão continental com a esperança de voltar a levantar outra taça."É sempre bom ganhar, mas principalmente por nosso povo. Queremos dar uma alegria a nossos torcedores", garantiu este sábado o técnico Fernando Santos. Segundo ele, no domingo vão se enfrentar "duas equipes equilibradas e que querem a bola".Na semifinal contra a Suíça, o treinador optou por colocar Cristiano Ronaldo acompanhado pelo jovem João Félix, titular em sua primeira convocação para a seleção de Portugal. Félix mostrou motivação de sobra mas deixou clara sua falta de experiência.A dúvida agora é se Santos vai repetir a dupla de ataque ou se vai preferir acionar um atacante mais experiente ao lado de Cristiano Ronaldo.Prováveis escalações:Portugal: Rui Patrício - Semedo, José Fonte, Rúben Dias, Raphäel Guerreiro - William Carvalho, Rúben Neves, Bernardo Silva, Bruno Fernandes - João Félix (o Gonçalo Guedes), Cristiano Ronaldo. Técnico: Fernando Santos.Holanda: Cillessen - Dumfries, Virgil van Dijk, de Ligt, Blind - Donny van de Beek, Frenkie de Jong, Marten de Roon - Bergwijn, Depay, Ryan Babel. Técnico: Ronald Koeman.Árbitro: Alberto Undiano Mallenco (ESP)gr/psr/gh/aamSANTOS LTD

Escrito por:

AFP