Publicado 08/06/2019 - 14h29 - Atualizado 08/06/2019 - 14h29

Por AFP


Cuba comunicou ao Canadá sua "firme e invariável solidariedade" ao presidente venezuelano, Nicolás Maduro, e pediu-lhe apoio à iniciativa de "um diálogo respeitoso" com esse governo - informou o jornal oficial "Granma" neste sábado (8).A mensagem foi transmitida na sexta-feira pelo ministro cubano das Relações Exteriores, Bruno Rodríguez, à sua homóloga canadense, Chrystia Freeland, durante uma "visita de trabalho" a Toronto."O chanceler cubano reiterou a firme e inabalável solidariedade de Cuba com o presidente constitucional Nicolás Maduro Moros, com a República Bolivariana da Venezuela e com a união cívico-militar de seu povo e pediu apoio para a iniciativa de um diálogo respeitoso com o governo venezuelano", afirmou o texto.Essas conversas devem ser realizadas "com base nos princípios do Direito Internacional e nos postulados da Proclamação da América Latina e do Caribe como Zona de Paz, em particular, a rejeição do uso e da ameaça do uso da força", acrescentou.Freeland afirma que Cuba tem "um papel a desempenhar" para encontrar uma solução pacífica para a crise na Venezuela.O Canadá lidera o Grupo Lima, composto por uma dezena de países latino-americanos que buscam desde 2017 uma solução para os problemas econômicos, migratórios e políticos da Venezuela.cb/dga/ap/tt

Escrito por:

AFP