Publicado 08/06/2019 - 09h44 - Atualizado 08/06/2019 - 09h44

Por AFP


A polícia russa acusou o jornalista investigativo Ivan Golunov por tentativa de tráfico de drogas "em grande quantidade" - denunciou seu advogado neste sábado (8)."Ivan Golunov foi acusado de tentativa de tráfico", escreveu seu advogado Pavel Chikov no aplicativo de mensagens Telegram.De acordo com um comunicado divulgado pela polícia, o jornalista foi internado após "se sentir mal"."Tomou-se a decisão de enviar o detido para um estabelecimento médio para avaliação", diz a nota.Golunov, repórter do veículo on-line independente Meduza, que tem sua sede na Letônia, foi detido na quinta-feira, em Moscou. Segundo a polícia, no momento de sua detenção, carregava em sua mochila cinco envelopes de mefedrona, uma droga sintética.De acordo com seus seguidores, a acusação é uma armação para punir suas investigações sobre corrupção nas mais altas esferas políticas.Chikov, advogado de direitos humanos, exibiu um documento policial que mostra a acusação contra o jornalista por tentativa de vender uma "grande quantidade" de cocaína e de mefedrona. Se for considerado culpado, pode ser condenado a uma dura pena de prisão.Golunov deve ser apresentado neste sábado diante de um tribunal que decidirá se continua preso, ou se será solto.am/mar/pb/tt

Escrito por:

AFP