Publicado 08/06/2019 - 08h59 - Atualizado 08/06/2019 - 08h59

Por AFP


Um dos aspirantes a suceder a Theresa May em Downing Street, o ministro do Meio Ambiente, Michael Gove, admitiu ter consumido cocaína e lamentou, em uma entrevista ao jornal "Daily Mail" publicada neste sábado (8)."Tomei drogas há mais de 20 anos", reconheceu o ministro pró-Brexit, de 51 anos."Naquela época, era um jovem jornalista", continuou, reconhecendo o "erro"."Mas não acho que os erros do passado desqualifiquem alguém", considerou.O ministro disse que cabe a seus colegas conservadores "decidir agora se (ele) pode ser líder".Gove não foi o único candidato a substituir May que reconheceu ter consumido droga.O ministro de Desenvolvimento Internacional, Rory Stewart, declarou ter usado ópio durante um casamento no Irã há 15 anos, em uma entrevista à SkyNews na semana passada. Ele lamentou este "erro estúpido".O ministro das Relações Exteriores, Jeremy Hunt, e o ex-ministro encarregado pelo Brexit Dominic Raab confessaram ter usado maconha.A corrida para substituir May, que deixou o cargo na sexta-feira, começa oficialmente na segunda-feira, quando as candidaturas serão apresentadas.pau/es/pb/ttDaily Mail

Escrito por:

AFP